Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blog Restart

A Restart é um centro de formação profissional que constitui um espaço único de formação, produção e animação cultural em Lisboa.

O QUARTO FANTASMA livemusic@restart 24 Janeiro, 19h

 

 

O Auditório RESTART, vai receber a 24 de Janeiro, "O Quarto Fantasma".


O QUARTO FANTASMA é A. Góis, P. Diogo e J. Trigo. Trio de Lisboa de rock experimental. Músicas amplamente instrumentais com guitarras eléctricas, vozes, bateria, electrónica e ruído. Exploram várias dinâmicas, num intervalo que vai do quase silêncio a explosões de som intensas.

Lançaram o Ep ARDER”  em 2011 bem recebido pela crítica como o seguinte comprova:


O Quarto Fantasma

O EP traz apenas três temas, dois originais e uma grande versão de Zeca Afonso – intenso e interminável, o prazer concedido pela audição desta “Canção de Embalar”. E no fim, sobra aquela dura sensação de sede, mesmo que o grupo disponha de uns simpáticos 18 minutos para nos oferecer três temas apenas. Pessoalmente, prefiro pensar que é apenas um aperitivo e que o melhor está ainda para vir.

in A TROMPA– RUI DINIS

 

 

Começa com um leve desbotar de pétalas num Outono que se revela negro, as folhas caem à batida de um vento que se aproxima.. o seu som, como se de um sussurro se tratasse, parece dizer: “Deixa-me respirar….”

in BLOG PARA OUVIR

 

O respirar contínuo que é expelido dos seus instrumentos são uma leveza cerebral de minutos, um extrapolar para o mundo psicadélico de onde não queremos regressar”

in blog habemusmusica



+Info:
Facebook
bandcamp

 

ANIMAÇÃO CULTURAL RESTART | ENTRADA LIVRE

Concerto Maltês| 19 de Dezembro | 19h | Auditório Restart

 

 

Uma sonoridade acústica que transporta ao universo do folk ou/e do indie rock é projectada das colunas quando se ouve a banda de João Neto (oioai), Ricardo Frutuoso (ex-Toranja, Rádio Macau), Jonny Dinamite (Murdering Tripping Blues) e Tiago Chefe.

Maltês, que renasceu em 2011, apresenta nos versos simples e concisos das letras cantadas em português a verdade sobre o reino animal.

Se o conceito pode parecer, numa primeira aproximação, demasiado simplista e cru, quando dissecado percebe-se que não o é.

Todavia nem só de “palavras de ordem” vive este primeiro projecto,

E se as letras são importantes para o conceito que Maltês imprime neste primeiro projecto, a sonoridade tem um papel de igual relevo. É na democratização dos sons que se revelam os mais inesperados instrumentos a serem utilizados das mais estranhas maneiras… O solo da guitarra portuguesa, a harmónica típica dos blues americanos, o som metálico da guitarra dobro, ou o cantar do berimbau, entre outros, juntam-se às duas guitarras, bateria e contrabaixo.

 

Links Maltês

Facebook
Youtube

Bandcamp


ANIMAÇÃO CULTURAL RESTART | ENTRADA LIVRE

MAU _ LIVEMUSIC@RESTART _ Entrada Livre

MAU @ Restart

Os MAU trazem a sua música (e o coelho) à Restart, dia 22 de Fevereiro às 23h.

“Este projecto electrónico e multiétnico nasceu em 2003 no European Film College (Dinamarca). A paixão pelo cinema juntou-os, mas foi o interesse comum pela música que os aproximou.”

Em 2005 entram em estúdio para gravar o seu primeiro álbum e é neste período que surgem as primeiras grandes oportunidades, o convite para integrarem a banda sonora do filme “O Crime do Padre Amaro”, e já no início de 2006 a escolha do tema “It`s Lovely” para o spot publicitário da TMN.

Em Maio de 2006 é lançado o álbum Man And Unable – Mau que teve como primeiro single “I Need A Priest ” e segundo “Prick (I am)”, este último revelou-se um sucesso em muito devido ao videoclip controverso do Coelho que correu na Internet.


(...) Os MAU estão aí para a brincar a fazer coisas a sério.”

Quem não os puder ver ao vivo na Restart, poderá sempre assistir ao concerto, em directo, no SapoVideos

Dama Bete_livemusic@restart_25 Janeiro às 22h



Dama Bete é das poucas mcs femininas no panorama do hip-hop português.

A mc revela desde cedo talento vencendo com apenas 10 anos um concurso de poesia que a aproxima do mundo da música e do estilo rap.

Aos 16 grava a sua primeira maquete e torna-se "Dama" que significa "mulher nobre, senhora educada, a mulher a quem se ama". Impõe respeito!

Inicia a carreira em 2002, participa em diversos eventos e em 2005 a Blitz considera-a artista revelação após a sua actuação no festival Musidanças em que pisou o palco com Sara Tavares e Melo D.

O seu espectáculo aborda temas da sua vida e problemas que afectam o mundo combinados com a sua forte improvisação em palco.

A sua música resulta das influências, que vão do Soul ao R&B, passando pelo Reggae e Ragga.

Um espectáculo único.

Entrada livre